terça-feira, 17 de novembro de 2009

Tricoteiras e tricoteiros na mídia


Para todos nós que trabalhamos e/ou nos divertimos com o tricô, isto tudo não é novidade!
Que relaxa, faz meditar, coloca a criatividade para fora e além de tudo dá personalidade à uma peça!
E muita gente está descobrindo isso!!
A moçada que está vindo por aí, graças a Deus, tem uma mentalidade super aberta e acho que procura cada vez mais se diferenciar na maneira de ser e também, é claro, de se vestir!
Disse graças a Deus porque quem tem mais ou menos a minha idade (47) entende bem o que vou dizer:
Antigamente os trabalhos manuais eram uma obrigação para as mulheres, era ensinado nas escolas, elas tinham que ser prendadas para arrumar marido!
Imagine o horror para quem não gostava de trabalhos manuais e nem queria se casar!!
Então surgiu um movimento contrário  em que a maioria das mulheres associava estes trabalhos à submissão e aí ninguém mais fazia.
A partir desta época o tricô era apenas coisa de vovó, imagine só uma mulher moderna e emancipada fazendo tricô!
Mas este tempo foi necessário para se colocarem as idéias no lugar e desvincular os trabalhos manuais da submissão.
Hoje eles são o que são, apenas trabalhos manuais e faz quem quiser e o que quiser!
Eu tive a sorte de ter na família mulheres que fazem e fizeram trabalhos manuais porque gostavam e foi esta a mensagem que me passaram, do prazer de ver uma peça pronta no modelo que você quiser com a cor que você quiser.
É ótimo ver matérias como as que a TV Cultura exibiu no Programa Novo, uma do GNT e outra na Folha sobre o que anda rolando por aí no mundo do tricô!!
Veja as matérias e vai entender melhor o que eu estou tentando dizer:
TV Cultura:  http://www.youtube.com/watch?v=LWOaAaufRZY
GNT: http://gnt.globo.com/Estilo/Materias/No-fio-da-meada--trico-e-croche-conquistam-nova-geracao.html
Folha: http://www1.folha.uol.com.br/folha/equilibrio/noticias/ult263u630079.shtml

Beijos e muito tricô!!!

13 comentários:

  1. Paulinha
    Adorei seu post
    Fiz outro sobre ele
    Bj
    Miriam Nakutis

    ResponderExcluir
  2. Que bom fazermos parte dessa gente antenada não é? que sabe do babado rss eu vi as reportagens, super boas.
    bjinhos

    ResponderExcluir
  3. Oi Paula

    Interessantíssimas postagens ! Me sinto incluído cada vez que leio sobre o tema.. hehehe

    Vi a indicação do teu blog, no da Miriam, e vim aqui ler.

    Não somente EsTa postagem, mas o blog na íntegra.

    Tá de parabéns

    Abração

    Cauê

    ResponderExcluir
  4. Olá Paula!
    Adorei seu post...é um orgulho fazer parte de tão interessante grupo.
    Obrigada por sua recente visita.
    Um beijinho
    Mifá

    ResponderExcluir
  5. Olha Paula só em pensar me da calor,aqui ta muito quente,quanto aos fios só tocando mesmo pra entender a delicia que é,tenho que pensar muitssimo bem o que tricotar ou crochetar rsrs,um abraço grande.

    ResponderExcluir
  6. Paula, faço "cozitas mais" pra despistar do trico, porque meus dedos ficam doendo,mas devo confessar que meu fraco é o TRICO. Cada lã que vejo me dá coseira nas mãos...
    Bejoca.
    Nilda.
    http://meucantin5.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Paula,
    Muito bom o bate-papo.
    Eu comecei com 6 anos e nunca mais parei e muitas pessoas sempre diziam que era coisa de velho, mas com 7 anos eu levava crochê para fazer na hora do recreio da escola. As pessoas deviam pensar que eu era um ET.
    Bjs,
    Marcia Quadrado

    ResponderExcluir
  8. Paula,

    "Que nestes dias de festas, a Paz e a Alegria reine em seu Lar. Proporcionando a você como todos que o cercam, ótimos momentos de Felicidade, Amor e União. São os mais sinceros votos."

    bjusss.
    Tica

    ResponderExcluir
  9. Oi Paula, estou encantada com seus trabalhos, quanta coisa fofa!!!Agradeço também pela atenção , li seu e-mail.
    Agora que aprendi o caminho deste seu cantinho voltarei mais vezes.
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi Paula!
    Muito bonito seu blog e o seu trabalho!
    Parabéns querida!
    Que esse mundinho da blogosfera nos aproxime!
    Já estou te seguindo!
    Um ótimo começinho de semana!
    Um grande beijo!
    Simone

    ResponderExcluir
  11. Olá Paula!
    Passei por aqui pela primeira vez e gostei muito de tudo. Suas reflexões sobre as mulheres e o tricô foram ótimas! Também sou de uma família em que as mulheres faziam tricô ou crochê por prazer e isso é ótimo, né?
    Uma coincidência legal é que minha avó crocheteira também se chamava Benedita. Não tenho uma colcha maravilhosa como a sua mas tenho tantos trabalhinhos lindo que ela fez para mim...
    Ah, você me fez relembrar de tanta coisa bonita...
    Parabéns por essa sensibilidade. Eu admiro as pessoas que fazem blogs assim como o seu, com conteúdo.
    Prazer em te conhecer!!!
    Beijinhos e inté mais ver.

    ResponderExcluir
  12. Oi Paula.
    Adorei o seu texto.
    Voce tem menas idade que eu então imagina os deveres e obrigações.
    Graças a DEUS as coisas mudaram e para melhor,faz quem quer e muitas estão fazendo.
    bjtos.Nile.

    ResponderExcluir
  13. Oi, adoro teu blog , tudo muito lindo como sempre,passei para ver as novidades e para te convidar para visitar meu blog também,sobre artesanato em geral, com várias dicas,e visite minha loja com peças tricotadas a mão exclusivas,beijokas
    http://agulhaetricot.com
    http://agulhaetricot.blogspot.com
    http://titacarre.elo7.com.br

    ResponderExcluir